24 de setembro de 2013

6ª Maratona de Punta Del Este 2013 - Uruguay

            Fala galera, aproveitando uns dias de folga decidi fazer uma prova diferente. Achei um pacote na agência Maratonas no Mundo de Porto Alegre que sairia de lá de ônibus para eu participar da 6ª Maratona de Punta Del Este, na modalidade 21k !!! 

     Isso depois de muitas horas de viagem em um dos dez ônibus que foram na caravana. Infelizmente alguns contratempos atrasaram a viagem.

          No sábado em Punta fizemos pela agência um “city tour” pelas principais atrações da cidade,   esse passeio foi bem legal, faltou apenas um guia local para falar de cada localidade,  valeu o passeio !!!     
 vai umas fotos do passeio ...







          Para quem não tem ideia, Punta é muito turística e cobram caro em qualquer coisa que você queira fazer ou mesmo para se alimentar. Só sei que saí de lá sem comer um exemplar churrasco típico das terras uruguaias, a “Parrilla”.

        Na retirada do kit, uma boa dose de tristeza, não tinham o tamanho da camiseta escolhido na hora da inscrição. Portanto, tenho uma camiseta G do evento para vender, não baratinho, na base de 8,5 pesos uruguayos por um 1,00 real. hehehe.

          O evento principal é a maratona que está na 6ª Edição, teve uns 600 corredores. Largada às 8h, bom horário pelo clima frio do lugar, nem ao meio dia tinha sol para assustar os maratonistas menos apressados.

        
        A minha largada, meia maratona, era juntamente com os 10k, no total uns 2000 atletas. Aqueci uns 10min e me posicionei bem à frente. Por grata surpresa vejo o Juscelino, corredor da Corra aqui de Campo Grande MS, estava com mais uns 10 da equipe. Comentei com ele meus planos de fazer a meia em 1h30, ritmo de 4:15, algo razoável por ter um tempo na meia de ritmo de 4:18 o km.

         Saí rápido, mas sem forçar, 4:05 no 1º km e 4:08 no 2º k. Hora de ajustar o ritmo para não forçar demais, passei o 3º em 4:11 e o 4º km em 4:09. Até o 6km me sentia tranquilo, acompanhando um bloco de uns 8 corredores (tinha certo que era o ritmo pretendido deles 4:10 a 4:15).

       

Nesse momento, creio que acompanhava a líder do feminino, seguia firme e sem aparência de forçar.  Daqui em diante, achei o ritmo do grupo forte e fui adaptando minha prova para 4:15min/km  pois o ritmo de 4:10 já era desgastante (e tinha muito pela frente !!!).

         Passo os 10k com 42min30, em cima do pretendido, mas começando a fazer força …

        Começo a buscar um que descolou daquele grupo inicial. A tática deu certo, mantive o ritmo de 4:15min/km até o 15k !!!   clima bom, percurso plano e conseguindo rodar a 4min15/km.  Até aqui tudo certo !!!  Entre o km 15 e 16 há uma leve subida.

        Ah, o vento sempre se fez presente na prova, frio e sempre querendo atrapalhar, nem tanto como ouvi relatos de outras edições desta prova. Pelo menos nesse dia o vento castigou mais pelo frio do que pela sensação de segurar.  Diria que o clima e o percurso plano compensaram o vento que soprou nas terras de Punta Del Este.

         Nessa prova, como houve a largada 15 min antes da meia e o percurso era o mesmo até +- 17k, a gente passava os pacers e os blocoes de aventureiros que os seguiam. Vi vários, li os de 4h30, 4h00,  3h20 e o meu um dia sonhado 3h (esse vi quando já retornavam). Mas esta história está longe, ainda mais vendo os aventureiros e corajosos que seguiriam por várias horas no trajeto ...  hoje minha graça está em tentar ser rápido nas curtas, quando fizer uma maratona poderei falar melhor do que é ter que correr mais "leve" por 42km ...    mas, ainda sou um iniciante com 12 meias terminadas, uma hora apareço numa largada p 42k, tentarei ter cia de bike ... como vi lá nesta prova (se a prova permitir). 

       Voltando para a prova, todo o esforço acumulado para manter um forte ritmo começou a me custar caro !!! na pequena descida tentei recuperar o tempo perdido da subida e acumular bons pensamentos para encarar os 5k finais !!!

       Quando chego no 16k vejo o ritmo do km, 4:34,  algo não estava mais legal, pois era hora de surgir na tela do relógio um 4:10 ou até 4:05 pelo esforço.

      No km 17 era hora de manter e ver o que daria para fazer. Vejo um 4:38 e houve até um certo abatimento, pois não estava rodando mais no ritmo pretendido.

      Assim, a marca começou a se distanciar, as pernas mostraram que já corriam há uma hora em ritmo forte.  Abusei de correr com um tênis bem baixo e a sola dos pés já sentia ao bater no solo (panturrilhas estavam bem).

     Meu ritmo realmente caiu, percebi ao ver cada atleta que havia passado me passando com certa facilidade. Até arriscava segui-los, mas a tentativa se esvaziava com uns 50m à frente.

     Assim, como a meta já não seria alcançada e o esforço muito grande não sendo convertido em tempos baixos a cada passagem, veio naturalmente um desânimo que me fez rodar dois km a 4:50.


Quando entrei na avenida que voltava para o pórtico, aí disse que ninguém me ultrapassaria mais. Os pulmões contribuíam bem para essa empreitada. Acelerei o passo, deixando para um uma chegada forte, pois havia torcida !!!   hehehe, acho que o ritmo chegou a 3:20min/km nos metros finais.

       Meu tempo : 1h33min22, 60º no geral de 725 e 15º na categoria de 77.


  Mais detalhes no site www.maratondepuntadeleste.com.uy  , esse ano a prova foi muito disputada, sendo que o 3º na faixa fez em 1h15 e no ano passado 1h30.  Não me lembro de correr meia maratona com faixa etária tão disputada !!!

     Ivana também representou nosso grupo, correu os 10k  da prova e mandou muito bem, fez RECORDE PESSOAL  de 53:28, melhorando mais de um minuto sua marca. 

           Ainda, Renata estreou em prova, logo na de 10k e mandou um ótimo tempo de 1h02 cravados (segundo o relógio dela, 1h01min56seg)  excelente !!!


Conclusões:
       Viajar em excursão tem vantagens e desvantagens, basicamente sempre há:  os atrasados, os que querem aparecer, os que querem só zoar, etc. O pessoal da agência é bem atencioso e ela cumpriu com o que estava previsto no pacote de viagem.

E ela liderou até o final !!!!
Atleta Marcio de POA que estava no nosso ônibus, correu p 1h22 depois de ter corrido o mundal de triatlo na semana passada em Londres. Aquela prova e que Javier Gomes se tornou campeão Mundial. Fraco não !!!
         
       Infelizmente falamos pouco com os atletas dos grupos que viajaram com a gente. Mas deixo aqui minha boa percepção quanto ao treinador da equipe Tauro Bonorino que é o próprio Tauro, pois teve  sensatez e equilíbrio ao lidar com os problemas encontrados na viagem na tentativa de controlar os ânimos de seus atletas e de todos os grupos que estavam no ônibus.

          



               Aos viajantes de excursão fiquem atentos, pois o documento informado para a  agência deve ser o que realmente você for usar, em caso de alteração é obrigatório a atualização. Para as agências, comuniquem-se mais com os viajantes menos acostumados.

         Quanto à Punta, linda a cidade, vale a pena conhecê-la.

       Quanto à prova: a estrutura na hora da realização é muito boa, a medalha muito fraquinha, errar em não entregar o tamanho certo da camiseta é para mim de muita ingenuidade e de pouca visão de marketing,  pois a camiseta vira propaganda gratuita por muitos anos. Tenho uma do Circuito Athenas de 2011 que adoro usá-la e está nova pela boa qualidade no material.

      Quanto ao meu desempenho, não gostei tanto dele, mas gostei de ter arriscado, pois os treinos me permitiam, o clima estava perfeito e percurso era plano. De maneira alguma quero justificar, mas os viajantes/corredores querem conhecer o máximo de locais em pouco tempo, atrapalhando no desempenho.

Juscelino - n. 996
      Por fim, era hora de arriscar e apenas o resultado não foi tão satisfatório, mas sabemos que é impossível que todas tentativas tragam sucessos.

         Valeu Ivana e Renata.

      Já em linha derradeira, vi no site que o Juscelino Ribeiro conseguiu o terceiro lugar em sua categoria, conseguindo ótimo tempo de 1h42. Parabéns, o MS teve pódio por lá e isso é muito bacana para nós do Estado.

         Segue o link do percurso de 21k

9 comentários:

Dionisio Silvestre disse...

Rodrigo,
Os 21 Km da Meia Maratona são desafiadores, manter aquele ritmo entre 4:10 e 4:15 seria excelente, pena que a musculatura das pernas cobraram um pouco!!! Parabéns pela prova, na minha ótica, 01:33:22 é um baita tempo!!! Ultra abraço,

Dionisio Silvestre
http://correrpurapaixao.blogspot.com.br

ALESSANDRO A GUIMARAES disse...

Ae pangaré não vai ser sub 1:30 tão cedo kkkk , correu lá analisando os resultados pra subir no podium quebrou as panturrilhas kkkk , belo relato , agora acertar o treino de "polimento" . Sumiram , faz tempo que não publicavam ?

ivana. disse...

Nossa, muito bom, amigo !

Geisa Luz disse...

Oi Rodrigo, possivelmente nos cruzamos por lá!! É tanta gente, tanto brasileiro, tanta empolgação, que a viagem e o barato da corrida passa rápido. Viajar de excursão tem suas vantagens e desvantagens, como você bem colocou. Fiz poucos passeios por lá, ficou a sensação de ter que voltar para conhecer melhor a cidade. E com mais din din, tu sabe porque...hehehhe

Baita tempo que tu fizesse, bem pertinho do que t pretendia. =)

No final de semana passa lá no meu blog para ler o meu relato dos 10km. =)

Bons treinos!
abraços
Geisa

www.correreuemeutenis.blogspot.com.br

André Bandera disse...

Fala Rodrigo,

Muito bacana passar no blog e ler o relato da sua primeira meia em territorial estrangeiro.

Relato bem detalhado com prós e contras de correr longe da cidade que reside.

Parabéns pelo desempenho na prova, se tivesse apostado com alguém eu teria perdido, achei que voltaria com o recorde na meia maratona, sub 1:30.

Mesmo com a dificuldade no final da prova, rodou bem e fechou para 1:33 bom tempo e 2 minutos acima do seu recorde.

Bora continuar os treinos e boa sorte nas próximas provas.

Parabéns a Ivana pelo belíssimo tempo conquistado na prova de 10k, recorde pessoal e tempo de muito respeito, dedicação e muitos treinos difíceis para chegar até essa marca.

Parabéns pelo blog Rodrigo.

Abraços pessoal.


Bora treinar :)

André Bandera disse...

Alessandro,

Rodrigo é pangaré estrategista, a ideia de correr provas com premiação na faixa etária é ótimo e apoio.

Só que nesse caso, teve mais uns 15 que notaram essa faixa etária e foram lá.

Ai Rodrigo pangaré quebrou risos risos !

Ae Rodrigão pódio bora treinar !

Maiev ShadowSong disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Dalton Ferreira disse...

Rodrigo, bom tempo, como vc disse a prova é bem gostosa, pouca gente, um ventinho firme, tempo gostoso e uma entrega apesar de ser no Cassino, bem fraquinha e meio desorganizada. Eu ano passado pequei meu kit em Montevideo onde fiquei antes de ir para Punta.Apesar de ser uma prova um pouco cara e de uma logistica meio trabalhosa para se chegar la eu gostei da prova e do passeio.
Abraço
dalton

equipecorridaderuams.blogspot.com disse...

Fala galera, vamos lá:

E aí, Dionisio Silvestre, então, sei que é excelente tempo um sub 1h30 e a graça era tentar tirar do Bandera o posto de melhor tempo na meia. hehehe. 1h33 foi bom, mas fui p tentar sim o sub 1h30. Valeu !!!

Fala ALESSANDRO, kkk, bati na trave ou cheutei para fora mesmo. Mas a marca não está longe não, se for a brasília em novembro vamos disputar por lá !!! pô os resultados me dariam um pódio hehehe. Está corrido por aqui, para variar. valeu

Olá Ivana, valeu, bom tempo sim.

Olá, Geisa Luz, bacana e já sei que vc corre mto, olharei sim sua participação , valeu !!! Abraços, bons treinos

Fala, André Bandera, então até eu apostaria em mim no sub 1h30. mas a gente aprende que correr para melhorar tempo tem o risco de não dar certo, e está tudo certo. Ivana está evoluindo e e mto bacana !!!

E aí, Dalton Ferreira, prova boa, vale a pena, pode melhorar ainda. Valeu, abraços