10 de janeiro de 2013

Corrida de Reis - MT - 2013

Corazza com nossa Camiseta !!! detentor do recorde nesse percurso
        Fala galera, nossa equipe foi para essa prova representada por 4 integrantes e, ainda, o amigo Corazza que correu com nossa camisa.


        A prova é conhecida por sua dificuldade e participação popular.
     


         Em 2011 havia participado e feito um tempo de 47min29, então o objetivo era melhorá-lo, à qualquer custo.
        Pus pilha no Corazza, Milani, Brandão e Andrezão que a corrida era pedreira, que a subida de 4.5k somada com a temperatura, derrubam qualquer tentativa de bons tempos.



   

            Viajamos tranquilos para Cuiabá, desta vez de avião, pegando promoção. Chegando em Cuiabá minha irmã nos recepcionou, até bem de mais, já a avisei que se houver outros anos, é p nos deixar correr atrás das coisas.
   

             A galera não conhecia Cuiabá, assim foi a maior apresentação de centro e alguns pontos da city.




        Hora de pegar o kit, muito tranquilo e rápido. Uma pena aquela camiseta "não tão bonita" e tamanho único "G", melhor seria investir ou numa camiseta boa ou gastar o dinheiro para melhorar a medalha (igual aos outros anos e sem menção da edição e ano).

        Depois de muita comida e suco de beterraba fomos para o local do evento; segundo o Corazza, a gente correria muito mais com este suco.  (até agora n sei se ajudou mesmo.  hehehe).

        Hora da largada, uma bagunça, pois há muita gente inexperiente nessa prova que deve correr só essa prova e acha que vai correr igualmente aos quenianos. (resultado:  é um tal de sprint de 200m e caminhada ...    sem contar os muito lerdos que são atropelados na largada,  sem contar as cotoveladas e braçadas p todo lado).   A organização deveria instruir a galera a se posicionar conforme seu tempo imaginado para chegar, e para quem nunca correu ou só quer passear, deve largar lá no final da fila.

      Ainda, a culpa da organização que quer quantidade de participantes e esquece o planejamento de largada por divisão de ritmo.  No mínimo deveria ter uma Elite B com uns 500 corredores cadastrados e logo atrás o povão que tem menos pressa.

      Largada às 7h para não sofrermos a toa com o calor normal de Cuiabá.

O ponto alto da prova é ganhar um banho de mangueira do caminhão do s bombeiros !!!
     Bora para a prova,  eu e Corazza saimos meio junto para puxar um ritmo por volta de 4min15 até onde conseguíssemos.


       Na largada ele abriu um pouco,  por um tempo o perdi de vista, mas como não houve aquecimento (pois ou vc aquece ou vc larga lá na frente)  resolvi pegar leve no 1º km, fechei com 4min25.

     A partir daqui a pista já estava liberada e o corpo aquecido, 2º k fechei em 4min12 e já avisto o Corazza de perto,   fiz um pequeno sprint para chegar nele. Fomos juntos, o ritmo permanecia em 4min15,  nada mal para a temperatura da prova.



     Lá pelo km3 reconheci o atleta aqui de CG o Moniz, disse "bora Moniz" e seguimos mais rápido.

    Nessa velocidade o normal seria não cansarmos muito, mas a temperatura castigou e já sofríamos mesmo na reta.   Achei que Corazza estivesse mais cansado naquele ritmo, fechamos o km 5 com 21min40,  ritmo acumulado de 4min20.

    Era só dobrar e fechar a prova p 43min20 e comemorar !!!

    Ha ha ha,  (se vc correu já riu tbm agora , né)    o pior da prova é justamente depois dos 5k, pois a subida começa, está certo que não é tão elevada, mas consome força e o ritmo cai.

    Começamos a rodar perto dos 4min45,  aqui pensei que deixaria Corazza para trás, pois ele sempre comenta que subida não é com ele.

    Mas ele é que partiu para frente, fui o acompanhando, mas ficando alguns metros para trás.

    Por aqui passei por Martins de Corumbá, o ritmo dele estava mais fraco dessa vez, então decidi não acompanhá-lo,   mas o respeito pelos tempos dele sempre será grande !!! blz Martins ?   hehehe


     Lá pelo km 7,5  tem uma subida do viaduto, que é para acabar de vez, todo mundo sofre ali, é hora de se concentrar, alcançar alguém ou pensar em acelerar  certamente não passa perto da mente da gente.

     o que se passa está mais para  "o que estou fazendo aqui nesse calor e nessa subida ferrada" "putz que saudade de uma reta"   "Vai, decidiu fazer esse esporte, podia estar jogando tênis de mesa, sinuca "  ,   mas certamente o que mais pensamos é "essa subida tem fim, só preciso seguir e chegar ao fim (logo de preferência)"

     Mais uma subidinha forte, perto do comper e já estávamos no km 9,  e a descida para o final começa.  Pena que o folêgo ficou lá na subida.

     Na nossa cabeça aceleramos tanto que parece que sairá um último km para 3min20 !!!  pena que é só na cabeça mesmo.

     Pois acelerei legal e só saiu 4min10,    ruim, mas está bom, pois confesso que a batalha dessa vez foi dura.  Sofri mais nessa prova do que em algumas meia-maratonas que já fiz !!!

    Nessa acelerada até pensei que poderia alcançar o Corazza, mas ele acelerou mais do que eu e fechou o último km em 4min01 e prova em 45min25.

    Eu fechei em 46min01 (no meu relógio foi 45min59)  ficando em 32º na categoria com 895 e em 176º de 4419 concluintes.

    Uma boa melhora, ainda que, depois conversando com Dalton de Cuiabá, ele me disse que todo mundo fechou com tempo entre 1min30 a 2min pior do que em outros anos.

    Assim minha melhora ficou mais significativa !!!!

    Corazza e André Bandera,  vocês ganharam as últimas batalhas, mas estou vivo ainda, em 2013 temos que marcar uma para corrermos os três novamente !!!

    Parabéns aos guerreiros do nosso time Brandão que fechou mto bem com 48min50,  André Milani e Andrezão que foram mais leve e fecharam acima dos 51min.

    Agora resta saber se Saca quererá passar o troféu pangaré para alguém . Acho que não, pois o clima estava muito adverso, melhor marcar outra prova para tirarmos a dúvida.

       Martins, conversamos um pouco e nos perdemos na multidão pós-prova, outra hora continuamos e vamos correr o troféu Brasil de atletismo master em SP em junho !!! e vamos fazer a associação dos corredores Master do MS  (quem quiser participar entre em contato com a gente).

    a Corrida de Reis é uma prova ímpar, mas precisa tratar melhor seus participantes, pois viajar de longe para sofrer tanto por descuidos e falta de atenção a quem faz o brilho do evento, pode nos fazer desanimar !!!

   Só sei que prova boa gosto de voltar, e algumas não volto nem pagando !!!  Parabéns aos brasileiros Daniel Chaves e à Nadir Sabino representantes no pódio da prova.

cobra passeando no Centro Geodésico em Chapada dos Guimarães - MT
    Parabéns ao Vilmar Dias, melhor atleta do nosso Estado, fechou a prova com 34min e ficou em 11º no geral !!!! ( tirei uma foto com ele e Martins, se me mandarem postarei aqui).

12 comentários:

CÉLO!!!! disse...

E QUAL FOI O SEU TEMPO AGORA MEU IRMÃO?????

equipecorridaderuams.blogspot.com disse...

e aí mano, esse fiz em 46min01, melhorando 1min e meio de 2011. Valeu. abraçao

Rodrigo Augusto

Rafael Marrone Fonseca disse...

Grande Rodrigo,
Essa prova foi show, acompanhei algumas reportagens pela internet.
Parabéns pelo resultado e também por conseguir baixar o tempo em relação a 2011...
Forte abraço
Rafael
marroneocorredor.blogspot.com.br

Reginaldo Reis disse...

Parabéns pela postagem Rodrigo, sua narrativa retratou a realidade da corrida de reis. Foi minha primeira corrida com uma trajetória tão difícil de devido aos aclives e ao calor forte. Estou interessado em participar da Associação Master. Abraços!!!

Dalton Ferreira disse...

Parabens a vc Rodrigo e aos outros amigos que vieram abrilhantar a Corrida de Reis, endossamos todos os comentarios sobre os pontos negativos da prova, tentamos aqui ano apos ano tentar demove los da ideia de sair tarde e nao ter saida por baia ou um pelotao B para quem quer fazer tempo.
Esperamos que nao desanimem do calor e compareçam mais vezes.
Um abraço
dalton

Prof. André Rocha disse...

Rodrigo.... belíssimo relato, a prova foi isso mesmo, quente e duríssima. Sofri bastante, mas pela experiência tá valendo. Parabéns pela evolução de todos da equipe em suas marcas pessoais. Me candidato a pangaré da equipe, PANGANDRÉ rsrsrsrsrsrssrsr

Fábio Corazza disse...

Ótimo post Rodrigo!
Retratou perfeitamente o que aconteceu no final de semana, deu até vontade de voltar para Cuiabá novamente com este seu resumo..rsrs
E vamos que vamos para os treinos, ótimos desafios nos esperam em 2013!
Galera muito gente boa desta equipe.
Abraços a todos!

Prof. André Rocha disse...

E essa cobra aí?

Douglas Cardoso disse...

Ótima prova. Parabéns a todos. Fiquei com a mesma dúvida que o André Rocha: E essa cobra??

Douglas
corridaporprazer.blogspot.com.br

sacadura disse...

Vcs tão reclamando de quê???? Só porque tinha uma "subidinhazinha" de 4,5 km em uma prova de 10km ,não tinha nenhuma descida e na largada fazia 30ºC ???? Na minha opinião a prova reunia condições PERFEITAS para recordes pessoais.....Vcs é que não correm nada!!!! Epa!!! Acho bom parar por aqui senão no próximo treino vou apanhar do pessoal...kkkkk

Avicor disse...

Grande Rodrigo , apesar do calor vcs mandaram bem ., vc iniciou a prova consciente e foi dosando o ritmo esse é o pulo do gato ., Corredor de rua é igual vinho quanto mais velho melhor ., hoje em dia corro bem melhor do que uns 5 anos atrás ., é só ir ganhando experiencia que vc vai longe ., agora amigo Rodrigo que cobrão é aquele hein ., Eu teria rapado fora daí rsrsrs

Valeu
Bons treinos

Romildo

Paulo disse...

Parabéns pelo relato Rodrigo, corri esta prova ano passado, mas não pude voltar esse ano. Quem sabe ano que vem nos encontramos por lá.
Parabéns pelo tempo! Não é fácil correr forte em Cuiabá!

Abraços,
Paulo
www.correcoracao.blogspot.com.br